Operador do PSDB, Paulo Preto pede para Gilmar soltá-lo novamente

Apontado como operador de propinas do PSDB, o ex-diretor da Dersa Paulo Vieira de Souza, o Paulo Preto, recorreu ao ministro Gilmar Mendes, do STF, para sair da cadeia; Gilmar soltou-o duas vezes no ano passado e no dia 13 de fevereiro, tomou decisão que pode levar à prescrição de ação penal contra o operador tucano; Reclamação de Paulo Preto foi ajuizada após sua prisão, em 19 de fevereiro, pela Lava Jato do Paraná; nesta investigação, o operador é suspeito de lavagem de dinheiro no esquema da Odebrecht

Operador do PSDB, Paulo Preto pede para Gilmar soltá-lo novamente
Operador do PSDB, Paulo Preto pede para Gilmar soltá-lo novamente

247 - Apontado como operador de propinas do PSDB, o ex-diretor da Dersa Paulo Vieira de Souza, o Paulo Preto, recorreu ao ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), numa tentativa de ser libertado pela terceira vez. 

A defesa do ex-diretor da Dersa entrou com uma Reclamação – instrumento jurídico que visa preservar a competência da Corte mais alta do País e garantir a autoridade de suas decisões – em segredo de Justiça, informa a jornalista Julia Affonso, do jornal O Estado de S. Paulo

Gilmar soltou Paulo Preto duas vezes no ano passado. Nas duas ocasiões, o operador do PSDB havia sido preso no âmbito da Lava Jato em São Paulo. No dia 13 de fevereiro, o ministro atendeu a um recurso da defesa do ex-diretor da Dersa e determinou novas oitivas de testemunhas na ação penal sobre os desvios de R$ 7,7 milhões e adiou o fim do processo que estava em sua última fase.

A Reclamação de Vieira de Souza foi ajuizada após sua prisão, em 19 de fevereiro, pela Lava Jato do Paraná. Nesta investigação, o operador é suspeito de lavagem de dinheiro no esquema da Odebrecht.

O ex-diretor da Dersa é réu em duas ações penais da Lava Jato em São Paulo, uma sobre supostos desvios de R$ 7,7 milhões que deveriam ser aplicados na indenização de moradores impactados pelas obras do Rodoanel Sul e da ampliação da avenida Jacu Pêssego e outra sobre cartel em obras viárias do Estado e do Programa de Desenvolvimento do Sistema Viário Metropolitano.

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247