Ordem no ministério da Saúde é ignorar Bolsonaro e trabalhar

Segundo auxiliares do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, Jair Bolsonaro tenta se afastar de responsabilidades envolvendo a pandemia do coronavírus e por conta disto, a ordem interna, é não rebater e seguir o trabalho de combate à covid-19, a exemplo do que tem feito Mandetta

Ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta
Ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta (Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Revista Fórum - Segundo auxiliares do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta (DEM-MS), o presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido-RJ) tenta se afastar de responsabilidades na crise envolvendo a pandemia do coronavírus para jogar no colo do ministro e dos governadores os efeitos negativos na economia.

Por conta disto, a ordem interna, de acordo com o Estadão, é não rebater e seguir o trabalho de combate à covid-19, a exemplo do que tem feito o próprio ministro.

Atacado diariamente por Bolsonaro, Mandetta tem dito a pessoas próximas que quer deixar o cargo no governo.

Ele, no entanto, ressalta que não pedirá demissão e deixará a Bolsonaro o ônus de demiti-lo durante a pandemia do coronavírus.

Leia a íntegra na Fórum. 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email