Orlando Silva: confio que o STF não se curvará a pressões

Em discurso na bancada da Câmara dos Deputados, o Deputado Federal Orlando Silva (PCdoB) reafirmou a importância da defesa da democracia, referente ao julgamento do ex-presidente Lula no Supremo Tribunal Federal (STF); "É a afirmação do papel contra majoritário que é responsabilidade das Cortes Supremas do mundo inteiro, ou seja, de não seguir ao sabor da conveniência e aos clamores e às pressões, sejam quais forem", explanou o parlamentar; Assista a íntegra  

Sessão extraordinária para eleição do novo presidente da Câmara dos Deputados. Candidato a presidência, dep. Orlando Silva (PCdoB - SP) Data: 13/07/2016 Luis Macedo / Câmara dos Deputados
Sessão extraordinária para eleição do novo presidente da Câmara dos Deputados. Candidato a presidência, dep. Orlando Silva (PCdoB - SP) Data: 13/07/2016 Luis Macedo / Câmara dos Deputados (Foto: Lais Gouveia)

Em discurso na bancada da Câmara dos Deputados, o Deputado Federal Orlando Silva (PCdoB) reafirmou a importância da defesa da democracia, referente ao julgamento do ex-presidente Lula no Supremo Tribunal Federal (STF). 
 
O deputado reforçou a importância do momento político que o País enfrenta. "O Brasil acompanha com atenção e interesse a decisão que será tomada no âmbito do Supremo Tribunal Federal (STF). Não se trata apenas do julgamento de mais um pedido de Habeas Corpus, trata-se, sobretudo, da reafirmação que deve ter o STF e da sua função de sustentáculo da Constituição do Brasil. Além disso, é a afirmação do papel contra majoritário que é responsabilidade das Cortes Supremas do mundo inteiro, ou seja, de não seguir ao sabor da conveniência e aos clamores e às pressões, sejam quais forem", explanou Orlando. 
 
O deputado usou a sua fala para rechaçar o comportamento do General Villas Bôas. "Quero crer que as declarações do comandante do Exército não foram um questionamento ao Supremo, mas sim a afirmação das Instituições e da Democracia no Brasil. Afinal, é esse o papel das Forças Armadas, zelar pela defesa da soberania nacional e não se imiscuir em temas da política", afirma. 
 
"Confio que o STF não se curvará a qualquer tipo de pressão e garantirá a manutenção do Estado Democrático de Direito", concluiu Orlando Silva.
 
Inscreva-se na TV 247  e assista ao discurso de Orlando Silva.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247