Oxfam Brasil defende que europeus revejam engajamento no Mercosul

A organização internacional Oxfam se manifestou sobre a devastação da Amazônia e publicou uma nota. Ela afirma: "os incêndios na Amazônia são apenas a ponta de um iceberg do que pode acontecer no Brasil. A União Europeia deve ser coerente com o que pregam em seus países e com o mundo, e rever seu acordo com o Mercosul"

(Foto: Bombeiros MS)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A organização internacional Oxfam se manifestou sobre a devastação da Amazônia e publicou uma nota. Ela afirma: "os incêndios na Amazônia são apenas a ponta de um iceberg do que pode acontecer no Brasil. A União Europeia deve ser coerente com o que pregam em seus países e com o mundo, e rever seu acordo com o Mercosul"

Leia a nota da Oxfam Brasil

Nota da Oxfam Brasil sobre as queimadas na Amazônia

Neste momento crítico em que a floresta amazônica está queimando, as declarações do presidente do Brasil responsabilizando as ONGs não contribuem para a solução do problema. Isso é uma distração da realidade do que está acontecendo em nosso país. A situação ambiental que vivemos é crítica. O incêndio florestal na Amazônia não é um fato isolado. As nossas leis ambientais e as instituições públicas responsáveis por sua implementação e fiscalização estão ameaçadas por uma visão que prioriza a economia e os lucros, não importando as consequências para as pessoas e os recursos da natureza.

Desde o início de sua gestão, o presidente Bolsonaro defende a ideia de que as políticas e agências ambientais, bem como as ONGs, estão retardando o desenvolvimento do nosso país. Ele tem sido muito enfático ao expressar como as empresas e os grandes setores econômicos deveriam estar liberados de regulações robustas para facilitar suas operações.

O acordo União Europeia-Mercosul recentemente assinado teve como uma de suas bases o compromisso público do Brasil com os acordos internacionais em torno do clima e com políticas ambientais. Foi uma surpresa ver a União Europeia assinar o acordo, devido ao contexto atual no país. Os incêndios na Amazônia são apenas a ponta de um iceberg do que pode acontecer no Brasil. A União Europeia deve ser coerente com o que pregam em seus países e com o mundo, e rever seu acordo com o Mercosul.

Katia Maia, diretora executiva da Oxfam Brasil

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email