Para agradar Trump, Bolsonaro quer mudar regras da TV paga no país

Em mais uma demonstração de submissão aos interesses norte-americanos, Jair Bolsonaro determinou que os ministérios da Economia e o da Ciência e Tecnologia elaborem uma medida provisória para alterar a lei da TV por assinatura no país. Iniciativa atende a um pedido feito pelo presidente dos EUA, Donald Trump, que deseja efetivar a compra da Time Warner pela AT&T no Brasil

247 - Em mais uma demonstração de submissão aos interesses norte-americanos, Jair Bolsonaro determinou que os ministérios da Economia e o da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicação elaborem uma medida provisória para alterar a lei da TV paga no país. A inciativa atende a um pedido feito pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, que deseja efetivar a compra da Time Warner pela AT&T no Brasil. 

A incorporação, avaliada em US$ 85 bilhões, foi anunciada em 2016 e envolve 18 países. No caso brasileiro, a transação já aprovada pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade). Apesar disso, a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) se posicionou de forma contrária á transação alegando que a legislação restringe a participação acionária cruzada entre operadoras de telefonia (AT&T) e grupos de conteúdo (Time Warner).

Nesta quarta-feira (7),  deputado federal Eduardo Bolsonaro, indicado pelo pai – Jair Bolsonaro -  para assumir a embaixada do Brasil em Washington, publicou um vídeo na quarta-feira (7), no YouTube, defendendo mudanças na legislação. 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247