Para aliado do governo, ministro da Educação deveria ser demitido hoje

Para o líder do Podemos, José Nelto (GO), Abraham Weintraub deve sair como "ex-ministro" da audiência na Câmara na tarde desta quarta-feira (15), onde presta explicações sobre os cortes nas verbas da pasta; "Haverá um questionamento muito duro com o ministro aqui em plenário. Acho que ele tem que entrar ministro e sair daqui ex-ministro", afirmou

Para aliado do governo, ministro da Educação deveria ser demitido hoje
Para aliado do governo, ministro da Educação deveria ser demitido hoje (Foto: Agência Câmara/Agência Senado)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Para o líder do Podemos, José Nelto (GO), o ministro da Educação, Abraham Weintraub, deve sair da audiência no plenário da Câmara dos Deputados, onde presta explicações nesta quarta-feira (15) sobre os cortes nas verbas da pasta que resultaram na primeira onda de protestos nacionais contra o governo Jair Bolsonaro, como "ex-ministro".

"Haverá um questionamento muito duro com o ministro aqui em plenário. Acho que ele tem que entrar ministro e sair daqui ex-ministro", afirmou o parlamentar. Embora o Podemos não integre formalmente a base governista, a legenda é tida como aliada do governo.

A convocação de Weintraub para prestar explicações sobre os cortes na pasta foi considerada uma nova derrota para o governo Bolsonaro na Câmara. A sessão deverá ter início às 15h, paralelamente aos protestos que continuam ocorrendo em todo o país.

Somente na manhã desta quarta-feira, cerca de 1 milhão de pessoas já tinham saído para as ruas de diversas cidades brasileiras em defesa da educação.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247