Partidários de Bolsonaro voltam a atacar Maria do Rosário

A deputada federal Maria do Rosário (PT-RS) voltou a ser alvo de ataques fascistas por supostos partidários do também deputado federal Jair Bolsonaro; por meio do Whatsapp, a parlamentar foi chamada de "vaca", "bandida", "traidora da nação", "comunista de merda" e "filha da p..."; agressões aconteceram nesta terça-feira (15), pouco após sair o resultado do julgamento da Terceira Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) que confirmou, por unanimidade, a condenação de Jair Bolsonaro (PSC-RJ) a indenizar Maria do Rosário e a se retratar publicamente em jornais e redes sociais após afirmar, em 2014, que somente não estupraria a deputada “porque ela não merece”

A deputada federal Maria do Rosário (PT-RS) voltou a ser alvo de ataques fascistas por supostos partidários do também deputado federal Jair Bolsonaro; por meio do Whatsapp, a parlamentar foi chamada de "vaca", "bandida", "traidora da nação", "comunista de merda" e "filha da p..."; agressões aconteceram nesta terça-feira (15), pouco após sair o resultado do julgamento da Terceira Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) que confirmou, por unanimidade, a condenação de Jair Bolsonaro (PSC-RJ) a indenizar Maria do Rosário e a se retratar publicamente em jornais e redes sociais após afirmar, em 2014, que somente não estupraria a deputada “porque ela não merece”
A deputada federal Maria do Rosário (PT-RS) voltou a ser alvo de ataques fascistas por supostos partidários do também deputado federal Jair Bolsonaro; por meio do Whatsapp, a parlamentar foi chamada de "vaca", "bandida", "traidora da nação", "comunista de merda" e "filha da p..."; agressões aconteceram nesta terça-feira (15), pouco após sair o resultado do julgamento da Terceira Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) que confirmou, por unanimidade, a condenação de Jair Bolsonaro (PSC-RJ) a indenizar Maria do Rosário e a se retratar publicamente em jornais e redes sociais após afirmar, em 2014, que somente não estupraria a deputada “porque ela não merece” (Foto: Paulo Emílio)

Diário do Centro do MundoMaria do Rosário voltou a ser atacada por milícias ligadas a Jair Bolsonaro em seu celular. 

“Informo q +uma vez grupos criminosos de apoio ao deputado hj condenado descobrem na Câmara meu nº e usam whats para agressões sem limite”, escreveu ela nas redes.


Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247