Pastor evangélico tenta se manter na Ciência, sob protesto de pesquisadores

Presidente do PRB, Marcos Pereira diz que crença não pode tirá-lo do Ministério da Ciência; ele se diz a favor de pesquisas com células-tronco e do aborto de anencéfalos e que irá incentivar estudos científicos "sejam eles quais forem"; “Concordo que ciência e religião não combinam. Elas podem se complementar. O PRB não é ligado à igreja”

Presidente do PRB, Marcos Pereira diz que crença não pode tirá-lo do Ministério da Ciência; ele se diz a favor de pesquisas com células-tronco e do aborto de anencéfalos e que irá incentivar estudos científicos "sejam eles quais forem"; “Concordo que ciência e religião não combinam. Elas podem se complementar. O PRB não é ligado à igreja”
Presidente do PRB, Marcos Pereira diz que crença não pode tirá-lo do Ministério da Ciência; ele se diz a favor de pesquisas com células-tronco e do aborto de anencéfalos e que irá incentivar estudos científicos "sejam eles quais forem"; “Concordo que ciência e religião não combinam. Elas podem se complementar. O PRB não é ligado à igreja” (Foto: Roberta Namour)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – Sob protestos de pesquisadores, o presidente do PRB, Marcos Pereira diz que crença não pode tirá-lo do Ministério da Ciência de um eventual governo de Michel Temer.

Em entrevista à ‘Folha de S. Paulo’, ele se diz a favor de pesquisas com células-tronco e do aborto de anencéfalos e que irá incentivar estudos científicos "sejam eles quais forem": “Concordo que ciência e religião não combinam. Elas podem se complementar. O PRB não é ligado à igreja”, afirma.

Especialista em direito penal e bispo licenciado da Igreja Universal, ele nega que sua crença religiosa –por exemplo, o criacionismo– seja um impeditivo para o posto. "Ministro tem de ser político e gestor. Se for conhecedor do tema, melhor ainda. Mas não é obrigatório" (leia aqui).

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247