Pazuello continua a sentir os efeitos da Covid mais de um mês após infecção

O ministro reclama de cansaço, dores no corpo e inchaço nas conversas com amigos. Ele ainda se queixa de dificuldades para realizar atividades cotidianas, como subir escada

(Foto: Marcos Corrêa/PR)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Um mês após dizer que tinha se livrado do vírus da Covid, o ministro da Saúde, general Eduardo Pazuello, ainda sente os efeitos da doença.

O ministro reclama de cansaço, dores no corpo e inchaço nas conversas com amigos. Ele ainda se queixa de dificuldades para realizar atividades cotidianas, como subir escada.

O governo faz a defesa do uso de medicamentos como a cloroquina, sem eficácia comprovada, para combater o coronavírus. O ministro recorreu a antibiótico, corticoide e anticoagulante, além de soro para hidratação.

Em cerimônia no último dia 11, Pazuello admitiu a gravidade e as sequelas da doença. "Não estou completamente recuperado, é claro. É uma doença complicada. É difícil você voltar ao normal, mas a gente já consegue trabalhar um pouquinho. É o primeiro dia de atividade no trabalho", disse o ministro.

Dois dias após o diagnóstico de contaminação pela Covid, Pazuello fez uma transmissão ao lado de Jair Bolsonaro e chegou a falar que estava “zero bala”, depois de tomar o “kit completo” contra a covid-19. No vídeo, o presidente afirmou que Pazuello era “mais um caso concreto” de que o uso destes medicamentos “deu certo”.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247