Pazuello nomeia defensor de eletrochoque para coordenar área de saúde mental do ministério

Rafael Bernardon Ribeiro atuará no Departamento de Ações Estratégicas, da Secretaria de Atenção Primária à Saúde

(Foto: Divulgação)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Metrópoles - O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, nomeou defensor do eletrochoque ao cargo de coordenador-geral de Saúde Mental, Álcool e outras Drogas do Ministério da Saúde. A medida foi publicada no Diário Oficial da União desta quinta-feira (18/2).

Rafael Bernardon Ribeiro atuará no Departamento de Ações Estratégicas, da Secretaria de Atenção Primária à Saúde. Ele é diretor técnico do Centro de Atenção Integrada à Saúde Mental da Universidade Federal de São Paulo (Univesp).

Em entrevista ao Canal da Psiquiatria, publicada em 2013, Bernardon defendeu o procedimento. “A eletroconvulsoterapia é um tratamento usado na medicina desde 1938. E ele persiste justamente por ser muito bom. Ele tem uma resposta da ordem de 90%. O paciente tem algum benefício em nove de cada 10 casos”, afirmou.

Assista:

Continue lendo no Metrópoles.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email