Pela imediata liberdade de Lula, militância convoca vigílias

O ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal, determinou nesta terça-feira (18) a soltura de todos os presos que estão detidos após condenação em segunda instância e atinge, inclusive, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva; para reivindicar a liberdade imediata do ex-presidente, o Partido dos Trabalhadores e entidades dos movimentos sociais mobilizam vigílias nesta quarta-feira (19), em Porto Alegre e Curitiba, pressionando o Judiciário para que faça valer os termos estabelecidos pela Constituição Federal

Pela imediata liberdade de Lula, militância convoca vigílias
Pela imediata liberdade de Lula, militância convoca vigílias (Foto: Ricardo Stuckert)

247 - O ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal, determinou nesta terça-feira (18) a soltura de todos os presos que estão detidos após condenação segunda instância. A decisão liminar (provisória) de Marco Aurélio Mello atendeu a pedido do PCdoB e atinge, inclusive, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que tem recursos pendentes nos tribunais superiores detidos em razão de condenações após a segunda instância da Justiça.

Para reivindicar a liberdade imediata do ex-presidente Lula, o Partido dos Trabalhadores e entidades dos movimentos sociais mobilizam vigílias nesta quarta-feira (19), em diversas cidades, pressionando o Judiciário para que faça valer a Constituição Federal. 

Porto Alegre - 17h, em frente à sede do Partido. Rua Lima e Silva, 140

Curitiba - Na própria Vigília Lula Livre. Rua Sandália Monzon, 210, Santa Cândida (em frente à Superintendência da PF)

Belo Horizonte - 18h, na Praça Sete, Centro

Rio de Janeiro - Cinelândia, Centro

São Paulo - Largo da Batata, Pinheiros

Além das vigílias, a militância está convocando um tuitaço pela liberdade de Lula. 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247