Pesquisa acentua fragilidade de Temer e dá fôlego a eleições gerais

Pesquisa CUT/Vox Populi mostrou que a cassação de Michel Temer e convocação de eleições diretas para eleger democraticamente seu sucessor têm o apoio 90% dos brasileiros; segundo o presidente da CUT, Vagner Freitas, a conjuntura política do país fortalece não só a convocação da greve geral para o dia 28 de abril como dá fôlego por um novo movimento por diretas já; "Nossa proposta é convocar eleição geral, renovar tanto o Executivo quanto o Legislativo. Todo o sistema está corroído", diz Vagner; "Acredito que a implosão do sistema político brasileiro possa desaguar em uma reforma com mais participação popular, com mais democracia"

Pesquisa CUT/Vox Populi mostrou que a cassação de Michel Temer e convocação de eleições diretas para eleger democraticamente seu sucessor têm o apoio 90% dos brasileiros; segundo o presidente da CUT, Vagner Freitas, a conjuntura política do país fortalece não só a convocação da greve geral para o dia 28 de abril como dá fôlego por um novo movimento por diretas já; "Nossa proposta é convocar eleição geral, renovar tanto o Executivo quanto o Legislativo. Todo o sistema está corroído", diz Vagner; "Acredito que a implosão do sistema político brasileiro possa desaguar em uma reforma com mais participação popular, com mais democracia"
Pesquisa CUT/Vox Populi mostrou que a cassação de Michel Temer e convocação de eleições diretas para eleger democraticamente seu sucessor têm o apoio 90% dos brasileiros; segundo o presidente da CUT, Vagner Freitas, a conjuntura política do país fortalece não só a convocação da greve geral para o dia 28 de abril como dá fôlego por um novo movimento por diretas já; "Nossa proposta é convocar eleição geral, renovar tanto o Executivo quanto o Legislativo. Todo o sistema está corroído", diz Vagner; "Acredito que a implosão do sistema político brasileiro possa desaguar em uma reforma com mais participação popular, com mais democracia" (Foto: Aquiles Lins)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Rede Brasil Atual - A cassação de Michel Temer do cargo de presidente e convocação de eleições diretas para eleger democraticamente seu sucessor têm o apoio da maioria esmagadora dos brasileiros. Segundo nova abordagem da pesquisa do Instituto Vox Populi, a pedido da CUT, 78% pedem a saída de Temer e 90% defendem as diretas.

A pesquisa integra uma série que já apontou a popularidade do presidente despencando, a rejeição às reformas que retiram direitos trabalhistas e sociais e o amplo favoritismo de Lula, caso a eleição presidencial fosse hoje.

Em entrevista concedida à revista CartaCapital, o presidente da CUT, Vagner Freitas, afirma que a conjuntura política do país fortalece não só a convocação da greve geral para o dia 28 de abril como dá fôlego por um novo movimento por diretas já. Segundo ele, a saída da crise política passa necessariamente por novas eleições.

"Nossa proposta é convocar eleição geral, renovar tanto o Executivo quanto o Legislativo. Todo o sistema está corroído", diz Vagner, que defende também uma ampla reforma política, mas com participação social. "Acredito que a implosão do sistema político brasileiro possa desaguar em uma reforma com mais participação popular, com mais democracia."

 

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247