Pesquisa Datafolha aponta que maioria é contra reabertura de comércio

Maioria dos entrevistados vê piora na pandemia e opina que o país ainda não fez o que era preciso para evitar mortes

(Foto: Voney Malta)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Governadores e prefeitos agem mal ao reabrir comércio e serviços fechados pela pandemia do novo coronavírus, segundo 52% dos entrevistados em nova pesquisa Datafolha. 

Criticada por especialistas da área médica, a  reabertura do comércio ocorre quando o país ainda não atingiu o pico da doença e as estimativas preveem um aumento de óbitos. A maioria dos pesquisados pelo Datafolha tem a mesma percepção. Duas a cada três pessoas acreditam que a situação da pandemia está piorando no país, relata o jornalista Thiago Amâncio na Folha de S.Paulo.

Quando a cidade de São Paulo decidiu reabrir shoppings, no dia 11 de junho, ocorreram 125 mortes pela Covid-19. Desde então, esse número diário já foi superado pelo menos em cinco ocasiões.

Em todo o país, a reabertura apressada do comércio e outras atividades é acompanhada pelo número de casos da doença e de mortes. 

De acordo com o Datafolha, os setores da população mais contrários à reabertura são formados por mulheres (58% acreditam que governadores e prefeitos agem mal ao tomar essas decisões), jovens (61% dos que têm entre 16 e 24 anos compartilham essa opinião) e os mais escolarizados (56% dos que têm ensino superior).

Tanto entre mais pobres, que dependem mais de programas de auxílio, como entre os mais ricos, a maioria se diz contrária à ação dos governadores neste momento. 

O Brasil é considerado como uma "ameaça global" no que se refere à pandemia da Covid-19. É o segundo país do mundo onde a doença matou mais gente até agora em números absolutos, com mais de 57 mil mortes registradas até o começo da tarde desta segunda-feira (29. 

Estimativas de pesquisadores da PUC-Rio indicam que ocorrerão novos recordes diários nas próximas semanas, chegando a 1.960 novas mortes em 10 de julho. 

A pesquisa Datafolha apurou que 65% dos entrevistados afirmam que a pandemia está piorando no país. 

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247