Pesquisa indica que 70% de líderes do Congresso não vão apoiar lei de privatização da Eletrobras neste ano

A ampla maioria dos líderes do Congresso Nacional reagiu negativamente à proposta do governo Bolsonaro de privatizar a Eletrobrás. Tendência é que a lei que não seja aprovada neste ano

(Foto: Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Pelo menos neste ano a privatização da Eletrobras não será aprovada. Segundo o Barômetro Nector/Vector, 70% dos líderes e vice-líderes do Congresso Nacional não vão se empenhar pela venda da empresa.

Entre os parlamentares que integram a base do governo e os que se declaram independentes, 63% dizem que ela não ocorrerá neste ano. Já entre líderes de esquerda essa certeza chega a 90%, informa a jornalista Mônica Bergamo em sua coluna na Folha de S.Paulo. 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email