Petrobras pediu bloqueio de R$ 12,4 bi em bens ligados a Lava Jato

Em cerca de dois anos da Operação Lava Jato, a Petrobras já solicitou o bloqueio de R$ 12,4 bilhões de bens de pessoas físicas e jurídicas como forma de reparar os prejuízos causados pelos casos de corrupção investigados; Justiça já acatou o pedido de bloqueio de R$ 1,35 bilhão, sendo que R$ 290 milhões já foram apreendidos

Prédio da Petrobras
Prédio da Petrobras (Foto: Paulo Emílio)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Em cerca de dois anos da Operação Lava Jato, a Petrobras já solicitou o bloqueio de R$ 12,4 bilhões de bens de pessoas físicas e jurídicas como forma de reparar os prejuízos causados pelos casos de corrupção investigados. A Justiça já acatou o pedido de bloqueio de R$ 1,35 bilhão, sendo que R$ 290 milhões já foram apreendidos.

"O maior montante é das companhias, mas há também bens de administradores das empresas e de funcionários públicos envolvidos", disse a gerente-executiva da área jurídica da Petrobras, Taísa Maciel, ao jornal Folha de São Paulo.

Até o momento, 13 das 30 ações penais já foram julgadas em primeira instância com ressarcimento de R$ 720 milhões somente na esfera penal. Ao todo, já foram recuperados cerca de R$ 660 milhões, sendo que o potencial estimado é de R$ 5,5 bilhões.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email