PF abre novo inquérito contra José Dirceu

A PF abriu novo inquérito para apurar a suspeita do crime de lavagem de dinheiro que teria sido praticado pelo ex-ministro José Dirceu envolvendo o pagamento de R$ 2,2 milhões que sua empresa de consultoria teria recebido "sem que houvesse efetiva prestação de serviços"; abertura do inquérito diz respeito a suspeita de envolvimento em um esquema envolvendo contratos das empreiteiras UTC e Engevix com a Petrobras

PF abre novo inquérito contra José Dirceu
PF abre novo inquérito contra José Dirceu

247 - A Polícia Federal abriu inquérito para apurar a suspeita dos crimes de lavagem de dinheiro que teriam sido praticados pelo ex-ministro José Dirceu envolvendo o pagamento de R$ 2,2 milhões que sua empresa de consultoria teria recebido "sem que houvesse efetiva prestação de serviços".

A abertura do inquérito foi comunicada ao juiz Sergio Moro e diz respeito a suspeita de envolvimento em um esquema envolvendo contratos das empreiteiras UTC e Engevix com a Petrobras.

O ex-vice-presidente da empreiteira Engevix, Gerson Almada, também figura como réu no processo. Em sua delação, Almada disse os pagamentos feitos à empresa de Dirceu se referiam a propinas, o que fez com que Moro determinasse a abertura de investigação para apurar a acusação. Com isso, o processo deverá ser paralisado até o próximo ano.

Dirceu, que já foi condenado em dois outros processos, está liberdade desde junho deste ano por uma decisão do Supremo Tribunal Federal (STF).

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247