PF em greve, por tempo indeterminado

Servidores pedem reestruturação da carreira e a decisão pode atingir a emissão de passaportes e as operações do Aeroporto Internacional de Guarulhos

PF em greve, por tempo indeterminado
PF em greve, por tempo indeterminado (Foto: Alan Marques/Folhapress)

Bruno Bocchini

Repórter da Agência Brasil 

São Paulo – Os servidores da Polícia Federal em São Paulo decidiram, em assembleia realizada ontem (6), entrar em a partir de hoje (7) por tempo indeterminado. De acordo com o Sindicato dos Servidores da Policia Federal, os serviços essenciais e o efetivo mínimo legal serão garantidos.

Os servidores farão amanhã um ato simbólico de entrega das armas e distintivos no Departamento de Polícia Federal, no bairro da Lapa, em São Paulo. Às 14 horas, eles realizarão uma manifestação no Aeroporto Internacional de Guarulhos, na Grande São Paulo. Na quinta-feira (8), será feita uma operação-padrão no terminal.

Os servidores pedem a reestruturação da carreira dos agentes, escrivães e papiloscopistas, melhoria salarial e concursos para os cargos do plano especial de cargos (PEC).

Segundo o Conselho da Federação Nacional dos Policiais Federais, a expectativa é que o efetivo seja reduzido em 70%, o que deverá prejudicar o trabalho de emissão de passaportes, as investigações e os serviços de delegacia. Apenas as operações de fiscalização nas fronteiras, aeroportos e portos devem ser mantidas.

Conheça a TV 247

Mais de Brasil

Ao vivo na TV 247 Youtube 247