PF recomendou sistema centralizado de contagem de votos ao TSE alegando que este melhoraria segurança

Em 2018, a corporação afirmou que o sistema centralizado de contagem de votos continuaria com um “desempenho satisfatório”

Tribunal Superior Eleitoral
Tribunal Superior Eleitoral (Foto: José Cruz/Agência Brasil)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O atual sistema centralizado de contagem de votos para as eleições municipais foi recomendado ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) pela Polícia Federal (PF), que alegou em 2018 acreditar que o novo modelo melhoraria “consideravelmente a segurança operacional”.

Assim, o Tribunal tomou a decisão de terminar o processo que contava os votos a partir dos dados de 27 Tribunais Regionais Eleitorais (TREs). 

A corporação, em documento obtido pela Folha, também revelou acreditar que o modelo centralizado manteria um “desempenho satisfatório”. 

Por conta do sobrecarregamento dos computadores em Brasília, a contagem de votos em diversos municípios ao redor do Brasil foi mais lenta nestas últimas eleições. 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email