PGR defende investigações contra Arnaldo Cezar Coelho e irmão

Em manifestação enviada ao STF, a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, afirmou que informações recebidas de autoridades da Suíça, obtidas por meio de cooperação internacional, justificam o avanço de investigações contra o comentarista de TV Arnaldo Cezar Coelho, seu irmão, o empresário e ex-deputado federal Ronaldo Cezar Coelho (PSD-RJ), e pelo menos mais duas pessoas; Ronaldo é apontado como responsável por receber R$ 23 milhões da Odebrecht para a campanha presidencial de José Serra (PSDB)

PGR defende investigações contra Arnaldo Cezar Coelho e irmão
PGR defende investigações contra Arnaldo Cezar Coelho e irmão

247 - A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, reiterou manifestação para que a investigação relacionada ao senador José Serra (PSDB/SP) seja remetida à Justiça Federal de São Paulo. Em manifestação enviada ao Supremo Tribunal Federal (STF), Dodge afirmou que informações recebidas de autoridades da Suíça, obtidas por meio de cooperação internacional, justificam o avanço de investigações contra o comentarista de TV Arnaldo Cezar Coelho, seu irmão, o empresário e ex-deputado federal Ronaldo Cezar Coelho (PSD-RJ), e pelo menos mais duas pessoas.

O caso está inserido em inquérito aberto no Supremo a partir de delação premiada da Odebrecht, que apura o possível recebimento de vantagens indevidas referentes à construção do Rodoanel Sul, em São Paulo.

No acordo de delação premiada, o ex-diretor da Odebrecht Carlos Armando Paschoal, conhecido como Cap, disse ter pago ilegalmente R$ 23 milhões para a campanha de Serra em 2010. Ronaldo Cezar Coelho teria sido responsável pelo acerto de parte desse valor.

Em depoimento à Polícia Federal em fevereiro, Ronaldo Cezar Coelho afirmou que recebeu do PSDB R$6,5 milhões de euros em uma conta na Suíça em 2009 e 2010. Segundo o ex-deputado, o dinheiro era pagamento do partido pelo uso de um avião do empresário em atividades ligadas à campanha presidencial do PSDB em 2010, que tinha Serra como candidato.

AS informações são do portal Jota

 

Conheça a TV 247

Mais de Brasil

Ao vivo na TV 247 Youtube 247