Planalto espera reprovação de Mendonça para o STF pela CCJ

Presidente da CCJ, Davi Alcolumbre também acredita que Mendonça será reprovado. Ministros do STF, porém, avaliam que o ex-AGU será aprovado com "sufoco"

www.brasil247.com - Ministro da Justiça, André Mendonça
Ministro da Justiça, André Mendonça (Foto: Isac Nóbrega/PR)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - O presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado, senador Davi Alcolumbre (DEM-AP), após meses, resolveu pautar a sabatina do ex-AGU André Mendonça, indicado por Jair Bolsonaro para uma vaga no Supremo Tribunal Federal (STF). Ainda não há, no entanto, data definida.

Segundo Bela Megale, do jornal O Globo, o Palácio do Planalto nutre muita desconfiança em relação ao resultado da votação. Mendonça precisa de 41 votos para ser aprovado.

Nas contas de ministros do governo que acompanham de perto o assunto, o Senado está dividido com 50% dos votos a favor e 50% contra Mendonça.

PUBLICIDADE

Alcolumbre avalia que atualmente há 50 votos entre os 81 senadores para reprovar Mendonça. A aliados, porém, o senador admite que nada está garantido e que o resultado só será conhecido no dia da votação.

Entre os ministros do STF a expectativa é de que Mendonça será aprovado com "sufoco", ou seja, com uma pequena margem de votos a seu favor.

PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email