Plano B de Bolsonaro é fazer de Eduardo chanceler

A alternativa cogitada por Jair Bolsonaro caso a indicação de Eduardo Bolsonaro para Washington não vingue é ainda mais destrutiva para a imagem do Brasil: ele seria chanceler, enquanto Ernesto Araújo seria deslocado para os Estados Unidos

Ministro Ernesto Araújo recebe o deputado federal Eduardo Bolsonaro.
Ministro Ernesto Araújo recebe o deputado federal Eduardo Bolsonaro. (Foto: Arthur Max/MRE)

247 – "No Itamaraty, uma das especulações mais correntes entre os embaixadores é de que, se  Jair Bolsonaro já tem um plano B, caso não consiga fazer do filho embaixador em Washington por eventual rejeição do Senado.  Tornaria Eduardo chanceler. E mandaria Ernesto Araújo para Washington", diz o jornalista Lauro Jardim, em sua coluna.

Conheça a TV 247

Mais de Brasil

Ao vivo na TV 247 Youtube 247