PM que quebrou cassetete na testa de estudante é promovido a major em Goiás

O governador de Goiás Ronaldo Caiado (DEM) promoveu a major Augusto Sampaio de Oliveira Neto, que em 2017, como capitão, acertou um golpe de cassetete na testa do estudante Mateus Ferreira durante protestos em Goiânia contra as reformas Trabaçhista e da Previdência propostas pelo então presidente Michel Temer (MDB)

Estudante Mateus Ferreira
Estudante Mateus Ferreira (Foto: Reprodução)

O governador de Goiás Ronaldo Caiado (DEM) promoveu a major Augusto Sampaio de Oliveira Neto, que em 2017, como capitão, acertou um golpe de cassetete na testa do estudante Mateus Ferreira durante protestos em Goiânia contra as reformas Trabaçhista e da Previdência propostas pelo então presidente Michel Temer (MDB). A informação é do jornal Folha de S.Paulo. 

A decisão foi publicada na edição de segunda-feira (17) do Diário Oficial do estado. Sampaio foi promovido por merecimento, ou seja, por reconhecimento de méritos por parte de seus superiores. 

Mateus sofreu traumatismo cranioencefálico, teve múltiplas fraturas e passou por duas cirurgias. Ele ficou no hospital por 18 dias, sendo que passou 11 deles em Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247