PML: Bolsonaro pretende prender seus opositores, mas não devemos nos calar

O jornalista Paulo Moreira Leite comenta a última declaração de Jair Bolsonaro, dizendo que, "se seus opositores não saírem do País, ele irá mandar prendê-los"; segundo o jornalista "um fascista não apenas promete, mas cumpre com suas ameaças"; "No entanto, não devemos nos calar pelo medo, devemos seguir denunciando as práticas antidemocráticas em nosso País", argumenta Moreira Leite; assista a íntegra do programa Boa Noite 247, na TV 247 

PML: Bolsonaro pretende prender seus opositores, mas não devemos nos calar
PML: Bolsonaro pretende prender seus opositores, mas não devemos nos calar

TV 247 - As ameaças fascistas e a omissão por parte do judiciário brasileiro. Este foi o principal tema do program boa noite 247 deste domingo (21), que contou com a participação dos jornalistas Leonardo Attuch, Alex Solnik e Paulo Moreira Leite, que comentaram a coletiva do TSE sobre fake news, além das declarações infelizes de Bolsonaro e de seu filho, o deputado federal Eduardo Bolsonaro. 

Durante o fim de semana, Eduardo Bolsonaro disse que "para fechar o STF, basta ter um soldado  e um cabo". 

Moreira Leite ressalta que "é uma fala de quem está em guerra com a democracia". 

Piorando o quadro de instabilidade no Brasil, Rosa Weber, ministra do TSE/STF, amenizou a declaração de Eduardo Bolsonaro, em coletiva do TSE neste domingo (21), dizendo que "as instituições são sólidas" e que não poderá fazer "milagres" contra a proliferação das fake news. 

Moreira Leite afirma que quem conduziu a coletiva foi o ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI) da Presidência, o general da reserva Sérgio Etchegoyen. "O tempo todo o general deu o tom e diminuiu o papel das fake news", condena. 

Solnik diz que a coletiva não teve relevância alguma. "O TSE apenas deu aval para quadrilha no WhatsApp seguir com fake news, não punindo a proliferação das mentiras disparadas pela campanha do Bolsonaro", comenta. 

Neste domingo, Bolsonaro disse que, se seus opositores não saírem do País, ele irá mandar prendê-los. 

Moreira Leite afirma que, por mais que Bolsonaro tenha a intensão real de prender seus opositores, o medo não pode congelas as pessoas. "Devemos seguir em frente, não podemos nos calar", expõe. 

Inscreva-se na TV 247 e confira o programa Boa Noite 247

Conheça a TV 247

Mais de Brasil

Ao vivo na TV 247 Youtube 247