PML: episódio com assessor do Papa escancara ao mundo barbárie judicial

O jornalista Paulo Moreira Leite comenta o fato da Polícia Federal ter negado ao assessor do Papa Francisco uma visita ao ex-presidente Lula, expondo ao mundo o estado de exceção que o País enfrenta; “Essa movimentação do assessor do Papa é uma grande vitória, pois escancara ao mundo barbárie judicial que Lula é vitima”, analisa; Assista a íntegra do programa 

O jornalista Paulo Moreira Leite comenta o fato da Polícia Federal ter negado ao assessor do Papa Francisco uma visita ao ex-presidente Lula, expondo ao mundo o estado de exceção que o País enfrenta; “Essa movimentação do assessor do Papa é uma grande vitória, pois escancara ao mundo barbárie judicial que Lula é vitima”, analisa; Assista a íntegra do programa 
O jornalista Paulo Moreira Leite comenta o fato da Polícia Federal ter negado ao assessor do Papa Francisco uma visita ao ex-presidente Lula, expondo ao mundo o estado de exceção que o País enfrenta; “Essa movimentação do assessor do Papa é uma grande vitória, pois escancara ao mundo barbárie judicial que Lula é vitima”, analisa; Assista a íntegra do programa  (Foto: Lais Gouveia)

TV 247 - O Programa Boa Noite 247 desta segunda-feira (11) destacou a pesquisa Datafolha que mantêm Lula liderando a disputa presidencial, além do fato da Polícia Federal ter negado ao assessor do Papa Francisco uma visita ao ex-presidente Lula, expondo ao mundo o estado de exceção que o País enfrenta. 

O jornalista Paulo Moreira Leite considera que o posicionamento do Papa Francisco muda uma lógica adotada há décadas pela igreja católica de apoio à regimes conservadores. “O Papa João Paulo segundo, por exemplo, dizimou a Teologia da Libertação. Já o Papa Francisco consegue recuperar o prestígio que a igreja católica perdeu com o tempo”, compara.  

“Essa movimentação do assessor do Papa é uma grande vitória, pois escancara ao mundo barbárie judicial que Lula é vitima”, analisa Paulo Moreira Leite. 

Datafolha

A pesquisa Datafolha divulgada neste domingo (10) indicou o ex-presidente Lula com 30% das intenções de votos, demonstrando que, apesar do cárcere arbitrário e todo o achincalhamento midiático, Lula segue invicto.  

“Lula continua preso e crescendo nas pesquisas, isso é um fenômeno mundial, é preciso soltá-lo logo, ele precisa disputar a eleição. Alguém vota em Michel Temer ou Eduardo Cunha? Claro que não, porque o povo não vota em criminoso, Lula não é um criminoso”, destaca. 

Inscreva-se na TV 247 e confira o programa Boa Noite 247

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247