PML: greve demonstra que golpe é um fiasco

O jornalista Paulo Moreira Leite afirma que a greve dos caminhoneiros mostra o fiasco que o golpe representa; "Todas as mudanças que ocorreram na Petrobras sacrificam a população e beneficiam credores e acionistas. Transformaram a estatal numa empresa capitalista de mercado, por isso Pedro Parente tem que ir embora, ele é o simbolo de tudo que está acontecendo no país"; denuncia; Assista a íntegra do programa Boa Noite 247

O jornalista Paulo Moreira Leite afirma que a greve dos caminhoneiros mostra o fiasco que o golpe representa; "Todas as mudanças que ocorreram na Petrobras sacrificam a população e beneficiam credores e acionistas. Transformaram a estatal numa empresa capitalista de mercado, por isso Pedro Parente tem que ir embora, ele é o simbolo de tudo que está acontecendo no país"; denuncia; Assista a íntegra do programa Boa Noite 247
O jornalista Paulo Moreira Leite afirma que a greve dos caminhoneiros mostra o fiasco que o golpe representa; "Todas as mudanças que ocorreram na Petrobras sacrificam a população e beneficiam credores e acionistas. Transformaram a estatal numa empresa capitalista de mercado, por isso Pedro Parente tem que ir embora, ele é o simbolo de tudo que está acontecendo no país"; denuncia; Assista a íntegra do programa Boa Noite 247 (Foto: Lais Gouveia)

TV 247 - O programa Boa Noite 247 desta quinta-feira (25) destacou a greve dos caminhoneiros que paralisa o país, a mensagem de Lula aos deputados que foram visitá-lo e mais uma declaração imoral do juiz Sérgio Moro. 

O jornalista Paulo Moreira Leite afirma que a greve mostra o fiasco que o golpe representa. "Todas as mudanças que ocorreram na Petrobras sacrificam a população e beneficiam credores e acionistas, transformaram a estatal numa empresa capitalista de mercado, Pedro Parente tem que ir embora, ele é o simbolo de tudo que está acontecendo no país", ressalta. 

O jornalista Willian de Lucca relembra o histórico do responsável pela degradação da Petrobras. "Lembramos sempre que essa política implementada na Petrobras é a do PSDB, Pedro Parente é indicação dos tucanos e foi o ministro responsável pelo apagão no governo de Fernando Henrique Cardoso, então, este é seu segundo apagão", elucida.

A defesa de Lula solicitou que o juiz Sérgio Moro fosse impedido de permanecer com o processo do sítio de Atibaia por conta da parcialidade demonstrada em fotos com membros da alta cúpula do PSDB. Moro negou o afastamento da ação com o argumento: "Lula também tem fotos com Aécio Neves (PSDB-MG)  e Geddel (MDB-BA)", declarou o juiz de primeira instância. 

A jornalista Gisele Federicce condena a postura de moro. "Como um juiz pode fazer uma comparação dessas? O Lula é um político, não está julgando ninguém, como ele tem coragem de dizer isso num despacho?", dispara. 

Inscreva-se na TV 247 e confira o programa Boa Noite 247

Conheça a TV 247

Mais de Brasil

Ao vivo na TV 247 Youtube 247