PMs poderão atuar no lugar de fiscais do Ibama

No embalo da militarização do Ministério do Meio Ambiente, comandado por Ricardo Salles, o Ibama estuda a possibilidade de firmar convênios com os estados para policiais militares ambientais também atuarem em operações da autarquia; a ideia é acionar os batalhões quando não houver "braços" suficientes na fiscalização

PMs poderão atuar no lugar de fiscais do Ibama
PMs poderão atuar no lugar de fiscais do Ibama (Foto: Adriano Machado - Reuters)

247 - No embalo da militarização do Ministério do Meio Ambiente, comandado por Ricardo Salles, o Ibama estuda a possibilidade de firmar convênios com os estados para policiais militares ambientais também atuarem em operações da autarquia. Segundo a Coluna do Estadão, a ideia é acionar os batalhões quando não houver "braços" suficientes na fiscalização.

Atualmente, os PMs ambientais já podem aplicar multas, mas ficam restritos a episódios localizados.

O ministro Ricardo Salles emplacou integrantes da PM em cargos de dirigentes do Ibama e do ICMBio. O presidente Jair Bolsonaro disse que "vibrou" com as nomeações da Pasta. "Eram pessoas que tiveram um passado junto ao batalhão florestal ou similares, tiveram ao lado de vocês", afirmou Bolsonaro à plateia de ruralistas.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247