Pochmann: Bolsonaro se mostra incapaz de gerar horizonte melhor ao povo

O economista Márcio Pochmann afirmou que "parte significativa e crescente dos obstáculos ao Bolsonaro não tem origem na oposição, ainda, mas sobretudo no interior do próprio governo, incapaz de gerar horizonte melhor para o povo e levar à crise institucional de grandes proporções. A unidade da oposição é fundamental"

Pochmann: Bolsonaro se mostra incapaz de gerar horizonte melhor ao povo
Pochmann: Bolsonaro se mostra incapaz de gerar horizonte melhor ao povo (Foto: Guilherme Santos - Sul 21)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O economista Márcio Pochmann afirmou que "parte significativa e crescente dos obstáculos ao Bolsonaro não tem origem na oposição, ainda, mas sobretudo no interior do próprio governo, incapaz de gerar horizonte melhor para o povo e levar à crise institucional de grandes proporções. A unidade da oposição é fundamental".

"Ministério da Economia faz terrorismo ao declarar que sem a deforma da previdência, não haverá recurso para pagar aposentadoria, pensão e funcionalismo público em 2020. Fake news, pois o efeito estimado da deforma de Bolsonaro para o curto prazo é desprezível nas contas públicas", complementou.

O estudioso também disse que o "governo Bolsonaro parece sustentar suas convicções em fake news para defender o caminho da nova servidão no Brasil". "Para ele o brasileiro ganha muito, o que justificaria reduzir direitos social e trabalhista. Mas na realidade, o patronato brasileiro paga menos que na China".

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email