Pochmann: representação dos trabalhadores pode ser extinta

"O enfraquecimento dos sindicatos, em função da grave crise econômica e do desemprego massificado, acompanhado pela reforma trabalhista de Temer, pode levar a extinção da representação dos trabalhadores, favorecendo o rebaixamento dos salários, a desigualdade e a rotatividade", afirmou o economista

Pochmann: representação dos trabalhadores pode ser extinta
Pochmann: representação dos trabalhadores pode ser extinta (Foto: Marcelo Casal Jr. - Câmara)

247 - O economista Márcio Pochmann criticou a Reforma Trabalhista, aprovada pelo governo Michel Temer, o mais rejeitado desde a redemocratização.

"O enfraquecimento dos sindicatos, em função da grave crise econômica e do desemprego massificado, acompanhado pela reforma trabalhista de Temer, pode levar a extinção da representação dos trabalhadores, favorecendo o rebaixamento dos salários, a desigualdade e a rotatividade", escreveu o estudioso.

Pochmann reforçou que "Reforma trabalhista de Temer foi realizada justamente durante o elevado desemprego e o enfraquecimento das lutas sindicais". "Pelo Dieese, o ano de 2017 registrou a realização de 1.566 greves, 25,2% a menos do verificado em 2016, acompanhada da queda em 32,9% nas horas paradas".

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247