Polêmica entre Mello e Barbosa agita julgamento

Magistrado pede para que relator só comece a votar amanhã; Joaquim Barbosa diz que gostaria de "tranquilizar" Mello, no sentido de que hoje só lerá "as preliminares"; questão vai a voto; posição de Barbosa ganha; Duda Mendonça apresentará defesa

Polêmica entre Mello e Barbosa agita julgamento
Polêmica entre Mello e Barbosa agita julgamento (Foto: Edição/247)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – Preocupado com o "todo poderoso" relator e a aceleração do julgamento da Ação Penal 470, o chamado mensalão, o ministro Marco Aurélio Mello pediu ao presidente do STF, Ayres Britto, para que a leitura do voto do relator Joaquim Barbosa so comece amanhã, um dia após o posicionamento final dos advogados dos 38 réus. Questão foi votada, com ampla vantagem para a posição de Barbosa. Mello ficou isolado. "Gostaria de tranquilizar o ministro Marco Aurélio", disse Barbosa. "Eu estou tranquilo", rebateu Mello. "Hoje eu só lerei as preliminares". Para Marco Aurélio, o calendário do julgamento está sendo acelerado.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email