Polícia encontra dinheiro e jóias em fundo falso em casa de João de Deus

Os agentes da polícia encontraram dinheiro dentro de uma mala em uma das residências ligadas ao médium João de Deus, na cidade de Abadiânia (GO), preso por abuso sexual, denunciado por mais de 500 vítimas; foram feitas buscas em três endereços, sendo um deles a Casa Dom Inácio de Loyola, onde João de Deus faz os atendimentos; no dia 19, a polícia já havia apreendido pouco mais de R$ 400 mil, além de cinco armas de fogo em uma das residências do médium

Polícia encontra dinheiro e jóias em fundo falso em casa de João de Deus
Polícia encontra dinheiro e jóias em fundo falso em casa de João de Deus

Agência Brasil - A Polícia Civil de Goiás apreendeu hoje (21) dinheiro, pedras preciosas e medicamentos em residências ligadas ao médium João de Deus, na cidade de Abadiânia (GO). Foram feitas buscas em três endereços. Um dos alvos foi a Casa Dom Inácio de Loyola, onde João de Deus faz os atendimentos espirituais.

Os agentes encontraram o dinheiro dentro de uma mala. Os valores não foram divulgados. Havia ainda um cofre em um fundo falso de um armário. Em um dos locais, os policiais descobriram pedras preciosas.

No último dia 19, os policiais civis apreenderam pouco mais de R$ 400 mil e cinco armas de fogo em uma das residências do médium. Parte do dinheiro e o armamento estavam guardados no fundo falso de um guarda-roupa, em um quarto de uma das casas que o médium mantém em Abadiânia (GO).

Ontem (20), a polícia indiciou João de Deus, de 76 anos, pelo crime de violação sexual mediante fraude. O inquérito se refere à denúncia específica de uma mulher de 39 anos. O médium está preso preventivamente há seis dias no Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia, nos arredores da capital goiana.

De acordo com a vítima, o crime ocorreu em outubro deste ano, durante atendimento espiritual na Casa Dom Inácio de Loyola.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247