Polícia Federal pune agente que usou Dilma como 'alvo'

Agente Danilo Mascarenhas Balas foi suspenso por quatro dias por ter utilizado uma caricatura da presidente Dilma Rousseff como alvo para treinar disparos de arma de fogo e, em seguida, postar a imagem da presidente crivada de balas nas redes sociais

Agente Danilo Mascarenhas Balas foi suspenso por quatro dias por ter utilizado uma caricatura da presidente Dilma Rousseff como alvo para treinar disparos de arma de fogo e, em seguida, postar a imagem da presidente crivada de balas nas redes sociais
Agente Danilo Mascarenhas Balas foi suspenso por quatro dias por ter utilizado uma caricatura da presidente Dilma Rousseff como alvo para treinar disparos de arma de fogo e, em seguida, postar a imagem da presidente crivada de balas nas redes sociais (Foto: Paulo Emílio)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A Polícia Federal vai punir com quatro dias de suspensão o agente Danilo Mascarenhas Balas por ter utilizado uma caricatura da presidente Dilma Rousseff como alvo para treinar disparos de arma de fogo e, em seguida, postar a imagem da presidente crivada de balas nas redes sociais.

O agente havia escapado de ser punido na semana passada. Um documento interno da Polícia Federal informou que o processo administrativo disciplinar havia sido suspenso por ter prescrevido, o que impediria a sua punição. Uma matéria veiculada pelo jornal O Globo , porem, mostra que a postagem da foto nas redes sociais é datada do ano passado, estando dentro do prazo de dois anos para a punição.

Logo em seguida, a corporação informou que houve um erro e que o agente seria punido. Na postagem, intitulada "Assim fica fácil treinar" ele aparece vestido com uma camisa da PF ao lado da caricatura de Dilma cravejada de balas.

"Aplica a pena disciplinar de quatro dias de suspensão ao servidor Danilo Mascarenhas Balas, (...) em razão de restar comprovado que publicou em sua página pessoal de rede social fotografia na qual aparece vestindo camiseta com o símbolo da Polícia Federal ao lado de alvo de treinamento de tiros com a caricatura da Presidente da República, fato que gerou exposição negativa do nome da Polícia Federal", diz o texto da punição do agente assinado pelo superintendente da Polícia Federal em São Paulo, Roberto Troncon, e pelo diretor-geral da PF, Leandro Daiello Coimbra.

 

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247