Policiais do Brasil mataram 17 pessoas por dia em 2018, indica estudo

As forças policiais do Brasil mataram 6.220 pessoas em 2018, o que representa um aumento de 19,6% na comparação com 2017. Os números são do Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP) e foram divulgados nessa terça-feira (10).

Da Agência Russa Sputnik News - As forças policiais do Brasil mataram 6.220 pessoas em 2018, o que representa um aumento de 19,6% na comparação com 2017. Os números são do Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP) e foram divulgados nessa terça-feira (10).

São 17 pessoas mortas pela polícia a cada dia. A maior parte destas vítimas é formada por jovens negros: 99,3% são homens, 77,9% tem entre 15 e 29 anos e 75,4% são negros.

Em 2018, 343 policiais civis e militares foram assassinados, número 8% menor do que o registrado em 2017. A maior parte destas mortes ocorreu fora de serviço (75%) e a maioria das vítimas também é negra (51,7%).

Também houve mais mortes de policiais por suicídio (104 casos) do que em horário de trabalho.

O Brasil registrou 57.341 mortes violentas em 2018, queda de 10,8% ante 2017.

A cifra deixa o país com uma taxa de 27,5 homicídios a cada 100 mil habitantes, o mesmo patamar de 2013. Há números de homicídios a cada 100 mil habitantes muito diferentes entre cada Estado. Os mais violentos são: Roraima (66,6), Amapá (57,9), Rio Grande do Norte (55,4) e Pará (54,6); enquanto os mais seguros são: São Paulo (9,5), Santa Catarina (13,3), Minas Gerais (15,4) e Distrito Federal (16,6).

A Organização Mundial da Saúde (OMS) considera que taxas superiores a 10 homicídios para 100 mil habitantes são de violência epidêmica.

O levantamento do Fórum Brasileiro de Segurança Pública também indica que 2018 foi o ano com recorde de registros de estupros, com 66.041 casos, aumento de 4,1% na comparação com 2017 e média de 180 estupros por dia.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247