Possível filiação de Justus ao PMDB já causa atritos no partido

A possibilidade do empresário Roberto Justus se filiar ao PMDB para tentar disputar a Presidência da República já causa ruídos no partido; integrantes da legenda acham que o publicitário pode querer furar a fila interna, atropelando nomes que já se colocam para disputar outros cargos; Justus, por esse raciocínio, dificilmente conseguiria de fato ser escolhido candidato pelo partido; poderia então tentar disputar o governo de São Paulo —mas Paulo Skaf, presidente da Fiesp, também é candidato ao cargo, que disputou em 2014

Roberto Justus
Roberto Justus (Foto: Giuliana Miranda)

247 - A possibilidade do empresário Roberto Justus se filiar ao PMDB para tentar disputar a Presidência da República já causa ruídos no partido. Integrantes da legenda acham que o publicitário pode querer furar a fila interna, atropelando nomes que já se colocam para disputar outros cargos. Justus, por esse raciocínio, dificilmente conseguiria de fato ser escolhido candidato pelo partido. Poderia então tentar disputar o governo de São Paulo —mas Paulo Skaf, presidente da Fiesp, também é candidato ao cargo, que disputou em 2014. Outra vaga seria a do Senado —destinada, até segunda ordem, a Marta Suplicy.

As informações são da coluna de Mônica Bergamo na Folha de S.Paulo.

"Justus tem estreitado relações com o PMDB, conversando com o partido e até com o publicitário Elsinho Mouco, que cuida da imagem da legenda e é ligado diretamente ao presidente Michel Temer."

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247