'Presença de mulheres na política fortalece a democracia'

Ministra do TSE Luciana Lóssio avalia que pouca coisa mudou decorridos mais de 80 anos desde que a primeira mulher ocupou uma cadeira no Legislativo brasileiro e a participação das mulheres na vida política nacional ainda está longe da isonomia assegurada pela Constituição; magistrada destaca que os desafios das mulheres ainda são "gigantescos" e que a " Reforma Eleitoral trouxe alguns poucos avanços" sobre a participação feminina na política; "A luta é árdua, os avanços são lentos, mas a persistência feminina é colossal!", afirma, otimista

Ministra do TSE Luciana Lóssio avalia que pouca coisa mudou decorridos mais de 80 anos desde que a primeira mulher ocupou uma cadeira no Legislativo brasileiro e a participação das mulheres na vida política nacional ainda está longe da isonomia assegurada pela Constituição; magistrada destaca que os desafios das mulheres ainda são "gigantescos" e que a " Reforma Eleitoral trouxe alguns poucos avanços" sobre a participação feminina na política; "A luta é árdua, os avanços são lentos, mas a persistência feminina é colossal!", afirma, otimista
Ministra do TSE Luciana Lóssio avalia que pouca coisa mudou decorridos mais de 80 anos desde que a primeira mulher ocupou uma cadeira no Legislativo brasileiro e a participação das mulheres na vida política nacional ainda está longe da isonomia assegurada pela Constituição; magistrada destaca que os desafios das mulheres ainda são "gigantescos" e que a " Reforma Eleitoral trouxe alguns poucos avanços" sobre a participação feminina na política; "A luta é árdua, os avanços são lentos, mas a persistência feminina é colossal!", afirma, otimista (Foto: Paulo Emílio)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A participação das mulheres na vida política nacional ainda está longe da isonomia assegurada pela Constituição; Segundo a ministra do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luciana Lóssio, pouca coisa mudou decorridos mais de 80 anos desde que a primeira mulher ocupou uma cadeira no Legislativo brasileiro.

Em um artigo publicado pelo jornal Folha de São Paulo,  a magistrada destaca que no Brasil "de raízes patriarcais, no qual o homem sempre ocupou postos de comando, os desafios das mulheres ainda são gigantescos". Segundo ela, "a Reforma Eleitoral, sancionada e publicada no último dia 29/9, trouxe alguns poucos avanços" sobre a participação feminina na política.

"Ainda é pouco, muito pouco. É hora de avançarmos mais. A exemplo de outros países, busquemos a paridade de gênero e a reserva de cadeiras no Parlamento", defende. "O progresso da participação das mulheres na política é fundamental para o fortalecimento da democracia, já que a igualdade é um dos pilares do Estado democrático de Direito", finaliza a ministra.

Confira aqui a íntegra do texto da ministra do TSE Luciana Lóssio.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247