Presidente do BB diz que pedido de Bolsonaro para reduzir juros era brincadeira

"A imprensa está perdendo o senso de humor. Revejam o tom da fala do presidente Bolsonaro", disse Rubem Novaes, durante uma feira do agronegócio no interior de São Paulo; declaração teve impacto negativo entre acionistas do Banco do Brasil e levantou dúvidas sobre novas intervenções de Bolsonaro na estatal

Presidente do BB diz que pedido de Bolsonaro para reduzir juros era brincadeira
Presidente do BB diz que pedido de Bolsonaro para reduzir juros era brincadeira (Foto: Agência Brasil)

247 - Depois das críticas a nova interferência em uma estatal por parte do presidente Jair Bolsonaro (PSL), o presidente do Banco do Brasil, Rubem Novaes, minimizou o pedido do mandatário para reduzir os juros. Para ele, Bolsonaro estava "brincando".

"A imprensa está perdendo o senso de humor. Revejam o tom da fala do presidente Bolsonaro", disse Novaes, durante uma feira do agronegócio no interior de São Paulo.

Fontes ligadas ao BB ouvidas pelo jornal O Globo disseram as declarações de Bolsonaro provocaram preocupação dentro do banco, pois provocaram uma queda no valor das ações da instituição pela na manhã desta segunda-feira (29). A diretoria chegou a pensar em divulgar uma nota para tentar explicar o episódio. No entanto, como os papéis do banco começaram a se recuperar ao longo da tarde, a ideia foi abandonada. O plano é, se necessário, tocar no assunto somente no dia 09 de maio, quando está prevista a divulgação do balanço do BB.

Conheça a TV 247

Mais de Brasil

Ao vivo na TV 247 Youtube 247