Presidente do IBGE exonera diretor do Censo

A presidente do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), Susana Cordeiro Guerra, exonerou o diretor de Pesquisas do instituto, Claudio Crespo, e o diretor de Informática, José Santana Beviláqua. Indicada pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, Guerra recebeu a missão de cortar o orçamento do Censo, cuja previsão inicial era R$ 3,4 bilhões

Presidente do IBGE exonera diretor do Censo
Presidente do IBGE exonera diretor do Censo (Foto: LUCAS LACAZ RUIZ)

247 - A presidente do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), Susana Cordeiro Guerra, exonerou o diretor de Pesquisas do instituto, Claudio Crespo, e o diretor de Informática, José Santana Beviláqua. Indicada pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, Guerra recebeu a missão de cortar o orçamento do Censo, cuja previsão inicial era R$ 3,4 bilhões.

A reportagem do jornal Folha de S. Paulo destaca que "a possibilidade de cortes entrou no alvo do Ministério Público Federal, que enviou a Guerra na última sexta (3) ofício solicitando informações sobre o processo, alegando risco de interrupção na construção de séries históricas de dados sobre a população brasileira."

A matéria acrescenta que "em nota divulgada nesta segunda, o IBGE confirmou as exonerações e disse que a presidente do instituto convidou o demógrafo Eduardo Rios-Neto e o economista David Wu Tai para substituir Crespo e Beviláqua, respectivamente. Rios-Neto é professor na UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais) e o segundo, funcionário de carreira do IBGE há 40 anos."

Segundo o jornal , "são as primeiras mudanças promovidas na diretoria do instituto desde a posse de Guerra, no fim de fevereiro. A presidente do IBGE foi indicada pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, e recebeu como missão cortar o orçamento do Censo, cuja previsão inicial era R$ 3,4 bilhões."

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247