Presidente do STF fala em se aposentar em 2018

Ministra Cármen Lúcia afirmou nesta segunda-feira, 20, durante palestra na PUC de Minas Gerais, que pretende se aposentar no início de 2018 e que deseja voltar a lecionar na universidade; durante sua fala, ela disse estar "com saudades dos meus meninos", em referência aos alunos; sobre o protesto em que foi chamada de "golpista", ao chegar à instituição, disse que o fato "é da democracia. Se não fosse aqui, seria na sala de aula"

cármen lúcia
cármen lúcia (Foto: Paulo Emílio)

247 - A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, afirmou que pretende se aposentar da Corte no início de 2018. Ela disse, ainda, que deseja voltar a lecionar na Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC), em Belo Horizonte (MG), onde é professora licenciada.

A ministra, que foi recebida com um protesto e sob os gritos de "golpista", disse estar "com saudades dos meus meninos", em referência aos alunos da universidade. A afirmação da ministra foi feita nesta segunda-feira (20), durante aula inaugural da faculdade.

Sobre o protesto, ela limitou-se a dizer que o fato "é da democracia. Se não fosse aqui, seria na sala de aula". Caso a sua aposentadoria seja confirmada, a ministra não completaria os dois anos de mandato previstos para ocupar a presidência do STF, já que ela tomou posse do cargo em setembro do ano passado.

Conheça a TV 247

Mais de Brasil

Ao vivo na TV 247 Youtube 247