Previdência: sindicatos querem reduzir idade mínima e ampliar tempo de transição

Sindicalistas farão, a partir da próxima semana, uma incursão nos gabinetes dos deputados federais para convencê-los a incluir emendas na Reforma da Previdência que diminuam a idade mínima e um tempo maior de transição para no novo projeto; o governo Jair Bolsonaro fixou em 65 anos a idade mínima para homens se aposentarem e 62 para mulheres

Previdência: sindicatos querem reduzir idade mínima e ampliar tempo de transição
Previdência: sindicatos querem reduzir idade mínima e ampliar tempo de transição (Foto: Antonio Cruz - ABR)

247 - Sindicalistas farão, a partir da próxima semana, uma incursão nos gabinetes dos deputados federais para convencê-los a incluir emendas na Reforma da Previdência que diminuam a idade mínima e um tempo maior de transição para no novo projeto. A informação é da coluna Painel, do jornal Folha de S.Paulo.

O governo Jair Bolsonaro fixou em 65 anos a idade mínima para homens se aposentarem e 62 para mulheres.

A força do lobby de entidades que representam servidores públicos preocupa a gestão. Seus membros lembram que elas tiveram papel importante na formação da oposição à proposta de Michel Temer.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247