PRF volta a liberar dados: número de bloqueios não caiu

Balanço da Polícia Rodoviária Federal (PRF) apontou que, às 14h desta segunda-feira (28), havia 556 trechos bloqueados em todo o País, dois a mais do que os 554 informados na noite de sábado (26), antes de uma nova tentativa de acordo com os caminhoneiros

Balanço da Polícia Rodoviária Federal (PRF) apontou que, às 14h desta segunda-feira (28), havia 556 trechos bloqueados em todo o País, dois a mais do que os 554 informados na noite de sábado (26), antes de uma nova tentativa de acordo com os caminhoneiros
Balanço da Polícia Rodoviária Federal (PRF) apontou que, às 14h desta segunda-feira (28), havia 556 trechos bloqueados em todo o País, dois a mais do que os 554 informados na noite de sábado (26), antes de uma nova tentativa de acordo com os caminhoneiros (Foto: Leonardo Lucena)

247 - Balanço da Polícia Rodoviária Federal (PRF) apontou que, às 14h desta segunda-feira (28), havia 556 trechos bloqueados em todo o País, dois a mais do que os 554 informados na noite de sábado (26), antes de uma nova tentativa de acordo com os caminhoneiros. 

De acordo com a PRF, a maioria dos bloqueios é parcial e não causa prejuízo aos veículos não envolvidos nas manifestações.

A polícia informou que 727 foram liberados desde o início da greve, na segunda-feira da semana passada (21), até as 8h desta segunda.

Segundo o G1, pelo menos cinco entidades de caminhoneiros ouvidas nesta segunda-feira (28) afirmaram que aceitam a proposta feita pelo governo para encerrar a greve que já dura 8 dias. 

Outras entidades, como a Confederação Nacional dos Transportadores Autônomos (CNTA) e o Sindicato Interestadual dos Caminhoneiros Autônomos, não tratam a paralisação como encerrada sob o argumento de que o governo não atendeu todas as reivindicações.

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247