Primeiro turno das eleições pode ser adiado para 15 de novembro ou 6 de dezembro

Segundo o presidente da Câmara de Deputados, o Congresso está estudando o adiamento das eleições para um dos dois últimos meses do ano. “Seria 15 de novembro ou o primeiro domingo de dezembro para o primeiro turno”

(Foto: REUTERS)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM), disse nesta quinta-feira, 21, que o Congresso estuda adiar o primeiro turno das eleições municipais deste ano para 15 de novembro ou 6 de dezembro (dois domingos). O possível adiamento é em decorrência da pandemia do coronavírus, que impede aglomerações sociais.

"Você tem aí dois períodos que estão sendo discutidos. Seria 15 de novembro ou o primeiro domingo de dezembro para o primeiro turno. E o segundo turno em um período menor para dar tempo de fazer a transição, da prestação de contas. Essas são as ideias", afirmou Maia.

Neste ano, as eleições estavam marcadas para começar em 4 de outubro e o segundo turno em 25 de outubro.

"Tem que ver se vai ter voto para adiar. A partir do voto para adiar, se discute uma data, tudo em sintonia com o ministro Barroso, que, a partir de segunda, começa a presidir o Tribunal Superior Eleitoral", disse.

Na terça-feira, 19, o parlamentar afirmou que "seria o adiamento da eleição sem prorrogação de mandato. É posição quase de unanimidade". 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247