Procurador que denunciou Glenn vibrou com condução coercitiva de Lula

O procurador Wellington de Oliveira, que assina a denúnica contra o jornalista Glenn Greenwald, é conhecido entre os procuradores por ser uma antipetista radical

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Novas informações reforçam os argumentos de que a denúncia apresentada contra o jornalista e editor do The Intercept, Glenn Greenwald, pelo procurador Wellington de Oliveira, é fruto de lawfare, perseguição com uso do sistema judiciário, uma marca do ex-juiz Sergio Moro na Lava Jato.

De acordo com o colunista Lauro Jardim, do O Globo, o procurador "responsável pela rocambolesca denúncia contra Glenn Greenwald, era conhecido entre os colegas pelo anti-petismo radical".

"No dia em que foi conduzido coercitivamente pela PF, em 2016, Oliveira ignorou o fato de estar dentro da sede do MPF e comemorou a operação efusivamente, mesmo não tendo relação alguma com o caso", afirmou o jornalista..

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247