Produtos verde-amarelos encalham e vão para o estoque na 25 de Março

Com a derrota do Brasil na Copa da Russia, os produtos verde-amarelos que já não eram muitos, foram direcionados ao tradicional encalhe da 25 de Março; camisetas, vuvuzelas, perucas devem voltar ao estoque e voltar às vitrines só em 2022; loja exclusiva estava sendo desmontada neste sábado e dará lugar a loja de cosmético

Produtos verde-amarelos encalham e vão para o estoque na 25 de Março
Produtos verde-amarelos encalham e vão para o estoque na 25 de Março (Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil)

247 - Com a derrota do Brasil na Copa da Russia, os produtos verde-amarelos que já não eram muitos, foram direcionados ao tradicional encalhe da 25 de Março. Camisetas, vuvuzelas, perucas devem voltar ao estoque e voltar às vitrines só em 2022. Loja exclusiva estava sendo desmontada neste sábado e dará lugar a loja de cosmético.

"Um dia após o Brasil deixar a Copa do Mundo, a rua 25 de Março, polo de compras no Centro de São Paulo, já se adequou à ausência da Seleção na tabela. Produtos verde-amarelos foram recolhidos ao estoque para esperar a Copa América, em 2019, ou a Copa do Mundo de 2022. Nas lojas de fantasias, perucas, camisetas e vuvuzelas vão ocupar um espaço menor nas prateleiras, mas continuarão expostas neste 2018.

Camelôs ainda apostam na venda de camisetas, embora em ritmo menor, mas não falam em redução de preços. Segundo lojistas, bandeiras e faixas do Brasil experimentaram um pico de vendas e retornam a um ritmo mais lento, mas seguem sendo vendidas o ano todo. Vendedores de uma loja montada exclusivamente para comercializar produtos da Copa desmontaram prateleiras na manhã deste sábado, mas o clima não era de tristeza. O estabelecimento volta a vender cosméticos e bijuterias e os artigos verde-amarelos voltam para o depósito do fornecedor."

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247