PSDB avalia que denúncias contra Serra e Alckmin podem prejudicar campanha eleitoral do partido

O PSDB acredita que os casos de Serra e Alckmin podem atrapalhar a reeleição de Bruno Covas em São Paulo e a de Nelson Marchezan em Porto Alegre

José Serra e Geraldo Alckmin
José Serra e Geraldo Alckmin (Foto: Pedro França/Agência Senado | GOVSP)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A cúpula nacional do PSDB já prevê um impacto nas campanhas eleitorais do partido em 2020 por conta das denúncias do Ministério Público contra o senador José Serra e o ex-governador Geraldo Alckmin, ambos nomes muito conhecidos na sigla, de acordo com Igor Gadelha, da CNN.

A legenda acredita que os escândalos podem dificultar a reeleição de Bruno Covas a prefeito de São Paulo, assim como a de Nelson Marchezan em Porto Alegre. As denúncias também podem atrapalhar a professora Luísa Barreto, que tenta chegar ao cargo de prefeita de Belo Horizonte.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247