PSDB considera lançar Tasso Jereissati à Presidência em 2018

Lideranças do PSDB consideram lançar Tasso Jereissati (PSDB-CE) para disputar não apenas a eleição indireta, em caso de saída de Michel Temer do governo. Mas também o pleito direto, em 2018; se Temer sair e Jereissati emplacar na Presidência da República, ele se transformaria no nome natural do partido para 2018; e inda que isso não ocorra, poderia ser opção para o pleito direto, já que é um dos poucos figurões tucanos que não foi nem sequer arranhado pela Operação Lava Jato

Em pronunciamento na tribuna do Senado, senador Tasso Jereissati (PSDB-CE).
Em pronunciamento na tribuna do Senado, senador Tasso Jereissati (PSDB-CE). (Foto: Giuliana Miranda)

247 - O nome de Tasso Jereissati (PSDB-CE) é considerado por lideranças do PSDB para disputar não apenas a eleição indireta, em caso de saída de Michel Temer do governo. Mas também o pleito direto, em 2018.

As informações são da coluna de Mônica Bergamo na Folha de S.Paulo.

"Se Temer sair e Jereissati emplacar na Presidência da República, ele se transformaria no nome natural do partido para 2018. Ainda que isso não ocorra, poderia ser opção para o pleito direto, já que é um dos poucos figurões tucanos que não foi nem sequer arranhado pela Operação Lava Jato.

Depois do afastamento de Aécio Neves (PSDB-MG) do cargo de senador, dois nomes permaneciam no páreo para ser candidato do PSDB à Presidência: o do governador Geraldo Alckmin e o de João Doria (que nega a pretensão). Tasso seria a alternativa dos que não aceitam nenhum dos dois paulistas."

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247