PSOL entra com queixa crime contra Bolsonaro por colocar em risco vida da população

A minimização da Covid-19 e o desrespeito de Bolsonaro às regras de contenção da doença colocaram em risco a vida da população e motivam uma queixa crime, segundo dirigentes do PSOL

(Foto: REUTERS/Adriano Machado)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - O PSOL apresentou notícia crime contra Jair Bolsonaro na última sexta (10), argumentando que ele infringiu medida sanitária preventiva.

A denúncia foi feita ao STF (Supremo Tribunal Federal) e é assinada por Ivan Valente (SP), Luíza Erundina (SP) e por Guilherme Boulos, informa o Painel da Folha de S.Paulo.

Bolsonaro minimizou a Covid-19 e desrespeitou as regras de contenção da doença, como o isolamento social e o uso de máscara, colocando em risco a vida da população.

PUBLICIDADE

O documento lista as declarações de Bolsonaro subestimando os riscos da pandemia, apesar do aumento do número de vítimas. 

Na queixa crime, os líderes do PSOL argumentam que as declarações de Bolsonaro incitam campanhas e manifestações contra as orientações de saúde pública.

PUBLICIDADE

Na notícia crime, o partido afirma que Bolsonaro pode ter exposto centenas de pessoas ao vírus, uma vez que viajou, abraçou, apertou mãos e não usou máscara nos dias que antecederam seu diagnóstico.

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email