PSOL tenta barrar Força Nacional em protestos pela educação

O partido apresentou nesta quinta-feira (08) um projeto de decreto legislativo para sustar a portaria 686 do Ministério de Justiça e Segurança Pública que coloca a Força Nacional para reprimir protestos pela educação

PSOL tenta barrar Força Nacional de protestos pela educação
PSOL tenta barrar Força Nacional de protestos pela educação

247 - O PSOL apresentou nesta quinta-feira (08) um projeto de decreto legislativo para sustar a portaria 686 do Ministério da Justiça e Segurança Pública que autoriza o uso da Força Nacional contra os protestos pela Educação marcados para os dias 07, 12 e 13.

O líder da bancada do PSOL, Ivan Valente, apresentou o projeto de decreto que argumenta que a medida de Sérgio Moro tem a finalidade de "perseguir politicamente os estudantes, professores e movimentos sociais, assim como qualquer cidadão que exerça seu direito democrático legítimo de fazer oposição ao governo Bolsonaro. É mais um abuso de poder do governo Bolsonaro a serviço de mais uma causa autoritária".

As manifestações que acontecerão em todo o Brasil são contra cortes no orçamento da educação e contra a privatização do ensino público superior. Os protestos de agosto dão continuidade aos protestos que levaram milhares de pessoas às ruas em maio deste ano.

 

Brasil 247 lança concurso de contos sobre a quarentena do coronavírus. Participe do concurso

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247