PT foi alvo de ao menos dez atentados nos últimos anos

Os tiros disparados contra um acampamento em favor do ex-presidente Lula, na madrugada do último sábado (28), em Curitiba (PR) não é um caso isolado; nos últimos três anos foram ao menos 10 ataques sofridos pelo ex-presidente e pelo partido; em 30 de junho de 2016, por exemplo, a sede nacional do PT em São Paulo foi atacada pela segunda vez em menos de 24 horas; vidros do prédio foram quebrados; confira outros casos

Os tiros disparados contra um acampamento em favor do ex-presidente Lula, na madrugada do último sábado (28), em Curitiba (PR) não é um caso isolado; nos últimos três anos foram ao menos 10 ataques sofridos pelo ex-presidente e pelo partido; em 30 de junho de 2016, por exemplo, a sede nacional do PT em São Paulo foi atacada pela segunda vez em menos de 24 horas; vidros do prédio foram quebrados; confira outros casos
Os tiros disparados contra um acampamento em favor do ex-presidente Lula, na madrugada do último sábado (28), em Curitiba (PR) não é um caso isolado; nos últimos três anos foram ao menos 10 ataques sofridos pelo ex-presidente e pelo partido; em 30 de junho de 2016, por exemplo, a sede nacional do PT em São Paulo foi atacada pela segunda vez em menos de 24 horas; vidros do prédio foram quebrados; confira outros casos (Foto: Leonardo Lucena)

247 - Os tiros disparados contra um acampamento em favor do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, na madrugada do último sábado (28), em Curitiba (PR) não é um caso isolado. Nos últimos três anos foram ao menos 10 ataques sofridos pelo ex-presidente e pelo partido. Em 30 de julho de 2015, por exemplo, um suspeito lançou bomba caseira no interior do Instituto Lula, em São Paulo, e não foi localizado pela polícia. Em 17 de março de 2016, sede no partido em Ribeirão preto foi atacada com rojões. Ninguém ficou ferido e os suspeitos não foram identificados. Um dia depois, criminosos tentaram atear fogo na sede do diretório municipal do partido em Goiânia (GO). Em 19 de março de 2016, invadiram o diretório do PT de Belo Horizonte. Relatos publicados na Revista Forum.

No dia 9 de abril de 2016, a sede do partido em Joinville (SC) foi atacada com pedras e vandalizada com tinta. Dois meses antes, atiraram pedras na sede da legenda em Florianópolis. Dois funcionários foram agredidos. Em 30 de junho de 2016, a sede nacional do PT em São Paulo foi atacada pela segunda vez em menos de 24 horas. Vidros do prédio foram quebrados. Um rapaz também tentou explodir uma bomba caseira. O suspeito foi preso e ninguém ficou ferido.

Leia mais aqui

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247