PT, PCdoB e PSOL defendem convocação de Bebianno

Parlamentares argumentam que a saída de Gustavo Bebianno da Secretaria-geral da Presidência não encerra a apuração sobre o suposto esquema de candidatos laranjas do PSL, partido do presidente Jair Bolsonaro; lideranças políticas defendem a ida do agora ex-ministro à Câmara para dar explicações

PT, PCdoB e PSOL defendem convocação de Bebianno
PT, PCdoB e PSOL defendem convocação de Bebianno

247 - O anúncio oficial da esperada demissão de Gustavo Bebianno repercutiu amplamente entre os parlamentares e lideranças políticas que argumentam que o assunto não se encerra com a saída dele do governo e já defendem a ida do agora ex-ministro à Câmara para dar explicações.

O deputado Márcio Jerry (PCdoB-MA) afirma que o ex-ministro Bebianno "deve explicações ao Brasil sobre o laranjal do PSL e as fake news da campanha do Bolsonaro". "Vamos cobrar isso na Câmara dos Deputados". afirmou

É o que também defende o coordenador do Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto e ex-candidato à presidente pelo PSOL, Guilherme Boulos.

"A demissão de Bebianno não encerra o assunto do Laranjal. Seguiremos exigindo investigações independentes e punição dos responsáveis. E esperamos que Bebianno fale o que sabe sobre as irregularidades da campanha do PSL", enfatizou.

Nas redes sociais, o PSOL afirma que a pauta agora é "fala Bebianno".

O deputado federal Zeca Dirceu (PT-SP) também considera que a apuração sobre os candidatos laranjas não deve se encerrar com a saída de Bebianno. "O laranjal só foi podado de um lado. Bebianno cai e o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro, fica. Dependendo do tipo as laranjas valem?"

Conheça a TV 247

Mais de Brasil

Ao vivo na TV 247 Youtube 247