Quase 60% das obras de infraestrutura paralisadas no país são de saneamento básico, aponta estudo

São 429 das 718 obras de infraestrutura paradas, segundo dados do Ministério da Economia coletados pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). As obras fazem parte do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). Apesar de serem 60% das obras paralisadas, os casos de saneamento básico concentram apenas 9% do dinheiro dos projetos parados

(Foto: Pnuma)

247 - Quase 60% das obras de infraestrutura paralisadas no país são de saneamento básico. São 429 das 718 obras de infraestrutura paradas, segundo dados do Ministério da Economia coletados pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). As obras fazem parte do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).

"O abandono por parte das empresas pode ocorrer por falhas no processo de licitação, em que empresas inaptas acabaram ganhando a concorrência apesar de não terem a expertise necessária para a conclusão da obra. Outra causa (...) está no contexto fiscal em que municípios e estados não têm conseguido cumprir com os compromissos contratuais, o que leva ao abandono de empresas pela falta de pagamento", aponta a CNI.

Apesar de serem 60% das obras paralisadas, os casos de saneamento básico concentram apenas 9% do dinheiro dos projetos parados. As 429 obras de saneamento representam um investimento de R$ 10 bilhões, contra R$ 109,1 bilhões de todos os 718 projetos parados.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247