Quebradas serão o centro da política urbana, diz novo secretário para territórios periféricos, do MTST

O ativista do MTST Guilherme Simões Pereira foi nomeado pelo governo Lula para o cargo no Ministério das Cidades

www.brasil247.com - Guilherme Simões Pereira, ativista do MTST nomeado para cargo no Ministério das Cidades
Guilherme Simões Pereira, ativista do MTST nomeado para cargo no Ministério das Cidades (Foto: Twitter/Arquivo pessoal/Reprodução)


247 - O ativista do Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto (MTST) Guilherme Simões Pereira foi nomeado pelo governo federal para comandar a nova Secretaria Nacional de Políticas para Territórios Periféricos do ministério das Cidades, comandado por Jader Filho. Ele chegou prometendo revolucionar a política urbana brasileira.  

"Agora é trabalhar pra que as quebradas sejam o centro da nossa política urbana. A periferia veio pra ficar", disse Simões em suas redes. 

Nas redes sociais, o MTST descreveu Simões como "militante do MTST, do movimento negro e morador do Grajaú", na Zona Sul de São Paulo. 

O ministério das Cidades é responsável por iniciativas de habitação popular, transporte público e saneamento. A nova secretaria deverá tratar de temas como a urbanização de favelas e a relação com movimentos periféricos.

(Com informações do G1). 

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista: 

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247